Cannes 2019: quais filmes do festival devem aparecer nos Oscars 2020?

Embora os festivais de outono (Telluride, Toronto, Veneza, etc) continuem sendo a rampa de lançamento mais eficaz para temporada do Oscar, Cannes, o auto proclamado “festival de cinema mais importante do mundo”,  também lança seu quinhão de filmes que fazem parte dos prêmios. Os filmes do ano passado receberam 14 indicações ao Oscar – 6 para Infiltrado na Klan, 3 para Guerra Fria, mais 1 para Border, Cafarnaum, Mirai no Mirai, Solo: Uma História Star Wars e o fantástico Assunto de Família, vencedor da Palma de Ouro. Pode-se considerar um êxito em face da crescente globalização da Academia, que abriu vaga para filmes estrangeiros além da categoria feita só para eles.

À princípio, temos que deixar de lado os aclamados filmes em língua estrangeira por um momento e falar sobre os dois filmes de maior destaque em língua inglesa que foram exibidos no festival: o filme biográfico de Elton John, Rocketman, que foi lançado fora de competição e Era Uma Vez em… Hollywood, de Quentin Tarantino. Ambos estavam entre os filmes mais esperados do festival deste ano e tiveram, na maioria dos casos, recepções favoráveis ​​em Cannes.

As comparações de Rocketman com  Bohemian Rhapsody foram inevitáveis. Os dois são cinebiografias de duas lendas do rock e o filme sobre Freddy Mercury saiu da premiação desse ano com 4 prêmios, incluindo Melhor Ator para Rami Malek. O que pode prejudicar Rocketman é seu lançamento muito cedo no ano, agora em maio, e quando se trata de figuras musicais amadas, será que Elton John está no mesmo patamar que Freddie Mercury? Taron Egerton, que passou por um intensivo treinamento para aprender a cantar igual seu personagem vem com tudo para a categoria de melhor ator!

Tarantino, enquanto isso, segue seus próprios passos. Cada um dos três últimos filmes do diretor ganhou pelo menos um Oscar, Bastardos Inglórios e Django Livre conseguiram indicações a Melhor Filme também. Os críticos estão chamando Era Uma Vez em… Hollywood o melhor filme do diretor desde Bastardos, e a recriação nostálgica do filme de Hollywood de 1960 deve ser um chamariz mais fácil para os eleitores do que seus faroestes ultra violentos. Se as reações nos Estados Unidos foram parecidas com a recepção arrebatadora em Cannes, pode-se esperar uma penca de indicações. A categoria de roteiro original, onde Tarantino é um candidato cativo é quase garantida. As co-estrelas Leonardo DiCaprio e Brad Pitt  têm o mesmo tempo em tela, mas devem ser divididos nas categorias de ator e ator coadjuvante.

Falando em atores, Antonio Banderas ganhou o prêmio de Melhor Ator no festival como o cineasta melancólico de Dor e Glória, filme semi-autobiográfico de Pedro Almodóvar. Os filmes do cineasta espanhol tradicionalmente se saem bem no Oscar, que também adora um veterano de Hollywood que nunca foi indicado fazendo um bom trabalho em um filme prestigiado. Claro, Cannes é o primeiro festival em que os potenciais candidatos à categoria de Melhor Filme Internacional (anteriormente chamada de Melhor Filme Estrangeiro) começam a aparecer. Sendo assim, podemos presumir que os seguintes países podem indicar tais filmes para concorrer ao prêmio:

  1. Coréia do Sul: “Parasita” (vencedor da Palma de Ouro)
  2. Itália: “O Traidor” (a menos que algo surpreenda em Veneza)
  3. Romênia: “The Whistlers”
  4. Senegal: “Atlantique”
  5. Bélgica: “O jovem Ahmed”
  6. Espanha: “Dor e Glória”
  7. Palestina: “Deve ser o paraíso”
  8. Peru: “Canção sem nome”
  9. Rússia: “Beanpole”
  10. Suécia: “E então nós dançamos”

O Canadá pode enviar Matthias and Maximine de Xavier Dolan. O Brasil deve enviar o vencedor da mostra Um Certo Olhar:  “A Vida Invisível de Eurídice Gusmão”. Simplesmente não vejo o governo Bolsonaro enviando o vencedor do Prêmio do Júri, Bacurau, um filme crítico à sua chegada ao poder. Uma grande batalha política acontecerá na França com os três filmes já apresentados: Les Miserables, Retrato de uma Dama em Chamas e o vencedor do Urso de Prata em Berlim: By the Grace of God, de François Ozon.

Vamos aguardar…

Leia também:

Anúncios


Categorias:Cinema, Crônicas e Artigos

Tags:,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: