The Staircase: mais um intrigante documentário da Netflix

the-staircase-review

1) Não há gênero de cinema mais instigante do que o “filme de tribunal”. 2) Não há nada mais inacreditável que a própria realidade. A Netflix parece ter percebido isso e está oferecendo obras que unem essas duas constatações no formato de documentários de tribunais. Assim como o excelente Making a Murderer, é impossível desgrudar os olhos de The Staircase, mesmo com seus longos 13 episódios, que está disponível na plataforma desde junho.

O caso é o seguinte: em 09 de dezembro de 2001, o telefone da polícia de Durham, Carolina do Norte, recebeu a chamada do jornalista e escritor Michael Peterson dizendo que sua esposa, Kathleen, caíra das escadas. Quando a polícia e a equipe médica chegam ao local, cinco minutos depois, era tarde demais e a vítima estava morta. A quantidade de sangue ao redor do corpo era assustadora. Para os investigadores, os fatos falavam por si: não se tratava de um acidente. Uma semana depois, o marido é preso e, posteriormente, julgado. O tempo vai passando, porém, continua a não haver certezas acerca do veredicto, e os depoimentoconflitantes das testemunhas reabrem o caso.

O mais interessante de The Staircase (e também de Making a Murderer) é que é uma obra que ultrapassa a pergunta básica do gênero: “o personagem em foco, no caso Michael Peterson, é culpado ou inocente?” e propõe uma outra mais urgente ainda: “até que ponto podemos confiar nos sistemas judiciários? Eles são justos mesmos?”.

Nesse sentido, o documentário de Jean-Xavier Lestrade é certeiro. Ao final, o espectador pode até ter uma resposta que absolva ou condena Michael Peterson, mas não pode negar a dúvida razoável. Mais além, vai passar a se questionar se em casos de tribunais como esse, a tecnocracia não estaria determinando em excesso o resultado do júri em detrimento da condição humana dos envolvidos no caso, tanto dos lados de defesa e acusação, como dos júris. Cada um tem seu veredicto, mas como a série deixa bem claro, nunca haverá um vencedor.

Trailer:

Anúncios


Categorias:Críticas, Televisão

Tags:, ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: